Automotivação: o fim da era da reclamação - Blog da Timberland
Automotivação: o fim da era da reclamação

Automotivação: o fim da era da reclamação

COMPARTILHE
/ 1715 0

Todo mundo, alguma vez na vida, já se pegou reclamando mais do que o normal. Reclamando da vida, do emprego, da família, do calor, do frio, da falta de roupa, da falta de tempo, enfim, de tudo. É até normal cairmos nesse ciclo de lamentações, de vez em quando, ainda mais quando as coisas parecem não estar dando “certo”.

Mas sabe aquelas resoluções que quase sempre fazemos no fim do ano, propondo melhorias para o ano seguinte? Pois é, para que elas ocorram, é preciso mudar. Até porque, como já dizia Albert Einstein, “insanidade é fazer sempre a mesma coisa, várias e várias vezes, esperando obter um resultado diferente”. Então, não adianta apenas reclamar e querer que seja diferente, tem que arregaçar as mangas e fazer acontecer!

Quando passamos a entender que toda e qualquer mudança só depende de nós mesmos, tudo fica mais fácil. E um grande aliado nesse processo é a automotivação, afinal, pessoas que possuem motivação própria não dependem de fatores externos para estarem constantemente estimulados a fazerem o que precisam fazer. Quando o dia não parece favorável, elas entendem o porquê da situação e sabem exatamente o que fazer para reverter a seu favor.

Por isso, separamos algumas dicas para você praticar a automotivação e conseguir extrair o melhor sempre, seja de qual for o contexto.

  1. Foque na positividade

Pode até parecer clichê, mas os pensamentos positivos têm poder e trazem boas energias, que vão pautar todos os acontecimentos da sua vida. Portanto, em vez de sofrer por antecedência, já pensando nas coisas ruins que podem acontecer na sua semana, ou de só enxergar o lado ruim das coisas, experimente trocar isso por otimismo e bons pensamentos. Ainda que, no começo, seja algo “forçado”, com o tempo, sua mente se acostuma a pensar primeiro em coisas boas.

  1. Tenha metas de vida

Estabeleça objetivos e prazos para alcançá-los. Quando se tem um planejamento bem traçado e definido, fica mais fácil atingir as metas propostas e não se frustrar. É muito comum as pessoas se sentirem fracassadas ou prejudicadas por não conseguirem chegar onde/fazer o que queriam, mas não entendem que, se tivessem se preparado melhor e fossem um pouco mais disciplinados, no final, tudo daria certo.

  1. Seja melhor todos os dias

Esforce-se para ser melhor a cada dia, dedicando tempo para ações que vão melhorar seu nível de conhecimento, como cursos, vídeos, livros, palestras, grupos de discussão, etc. Mas não se engane: ter tempo livre e fazer coisas que te façam se sentir bem também são importantes. Pessoas que frequentemente praticam atividades que lhe conferem momentos de prazer são mais aptas a adquirir conhecimento, seja ele de qual tipo for.

  1. Cometa erros (e aprenda com eles)

É isso mesmo! Cometer erros é o que nos faz crescer, evoluir e melhorar. Mas de nada adianta ficar se lamentando, ou pior, se martirizando com o ocorrido. O importante é reconhecer e aprender com o erro. E ao contrário do que muita gente pode pensar, errar não te faz se sentir rebaixado; te dá experiência e sua mente entende que você está melhor preparado do que antes, contribuindo para o seu processo de automotivação.

  1. Comemore as conquistas

É muito importante compreender suas conquistas e comemorá-las. Por quê? Simples, pois são elas que vão te levar cada vez mais longe. Cada vitória é um passo pra frente, um degrau para cima, e isso significa que você está um pouco mais perto do seu objetivo. Se você conseguir compreender a grandeza desses momentos e enxergar o seu papel e a sua responsabilidade nisso, sua autoconfiança será beneficiada.

E aí, vamos focar na automotivação e fazer de 2018 o ano da mudança? 🙂

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.