Arte e ativismo – Conheça o PIMP MY CARROÇA

Arte e ativismo – Conheça o PIMP MY CARROÇA

COMPARTILHE
/ 1629 0

Dois carroceiros mortos no mês passado trouxeram a tona uma questão que há muitos anos já vem sendo trabalhada pela ONG do grafiteiro e ativista Mundano: o PIMP MY CARROÇA.

São cinco anos de ativismo lutando para melhorar as condições de vida, segurança e principalmente a visibilidade dos catadores de recicláveis. O nome da ONG é uma paródia dos programas de TV que tunam carros. Mas, apesar de artístico e com propostas até que divertidas, o assunto é sério.

Carroceiros escolhidos ganham de presente uma reforma na sua carroça, com a inclusão de itens de segurança e uma arte feita por grafiteiros profissionais com frases sugeridas pelo público. Além disso, os catadores presenteados almoçam e recebem até atendimento médico se necessário.

O PIMP MY CARROÇA é um movimento que luta para tirar os catadores de materiais recicláveis da invisibilidade, promover a sua auto estima e sensibilizar a sociedade para a causa em questão, com ações criativas que utilizam o graffiti para conscientizar, engajar e transformar.

E foram eles os escolhidos para serem beneficiados com a campanha Bota dos Sonhos. Ainda não está sabendo? Clique AQUI e saiba como comprar uma Yellow Boot por com um preço super especial e ainda ajudar esse trabalho incrível!

Outras iniciativas 

O que começou apenas com a ideia de pimpar as carroças, já está alcançando novos status. A ONG do Mundano organiza diversas outras atividades como o desafio Pimp, que promove uma atividade em equipe, voltada principalmente para empresas, que propõe uma competição saudável. O resultado? Uma maior compreensão sobre o universo dos catadores – carroceiros. Empatia, trabalho em equipe, dentre outros valores que podem ser aplicados dentro de um universo corporativo.

Confira no vídeo abaixo um desses desafios.

E tem mais, em 2015 nasceu o Pimp Nossa Cooperativa. Com a mesma proposta. Levar voluntários e artistas para pimpar carroças e o espaço onde os cooperados trabalham na separação e armazenagem de materiais, em eventos que têm também oficinas e outras atividades.

Mas, nos últimos três anos, o Pimp se dedicou a construir um aplicativo, o Cataki, que listará os catadores e permitirá que eles sejam acionados e possam atender quem tem material em casa, de acordo com a proximidade do local. É uma nova alternativa de reciclar para além do serviço municipal, valorizando o trabalho do catador como agente ambiental na sociedade. O Cataki já está no ar, baixe, utilize!

Gostou? Compre sua Yellow Boot e colabore!

 

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.