Como uma garrafa PET se transforma em tecido?

Como uma garrafa PET se transforma em tecido?

COMPARTILHE
/ 2434 1

Já mostramos aqui na sessão Earthkeepers do blog que o plástico das garrafas PET pode ser transformado em uma infinidade de materiais, de bancos de ônibus e estádios de futebol, encanamentos e revestimentos internos de automóveis até tecidos, como os utilizados em diversos modelos de calçados e peças de vestuário da linha Earthkeepers da Timberland!

O tecido de PET está presente, por exemplo, em vários modelos de camisetas que estarão presentes na Coleção Primavera-Verão 2013/2014 Timberland, que no próximo mês chega às nossas lojas. Com duas garrafas PET de dois litros é possível fazer uma camiseta. Mas você sabe como uma garrafa se transforma em uma camiseta?

Camiseta Timberland com tecido em 50% de PET reciclado

Camiseta Timberland Earthkeepers com tecido PET 

O processo de fabricação do tecido de PET é relativamente simples. Isso porque o plástico PET nada mais é que um tipo de poliéster, que já é utilizado para a fabricação de tecidos há bastante tempo. O PET foi desenvolvido por químicos ingleses no final da Segunda Guerra Mundial para ser utilizado na indústria têxtil, e só depois foi adaptado para ser usado em garrafas plásticas, após modificações em sua estrutura química.

Quando você destina a garrafa PET do seu refrigerante para a coleta seletiva, ela primeiramente é separada, reunida com outras garrafas e compactada. Ao chegar à fábrica de tecido PET reciclado, elas são descompactadas e depois lavadas, desinfetadas e moídas. Então são derretidas e ao serem resfriadas se transformam em flocos. Estes flocos viram fios de poliéster ao passarem por máquinas chamadas de extrusoras. Estes fios podem ser utilizados integralmente para produzir tecidos sintéticos, como os utilizados nos forros de calçados da linha Timberland Earthkeepers. Para as camisetas, os fios de PET reciclados são combinados a fios de algodão, numa proporção de 50% para cada. Confira no vídeo o processo:

Por ser um material muito estável, o PET dá propriedades diferenciadas para o tecido, como o deixar mais durável, resistente, manter a cor por mais tempo, além de não encolher ou entortar, e deixar o tecido mais leve e macio. E o processo de fabricação também é sustentável: para produzir um quilo de tecido PET é necessário apenas 3 litros de água, enquanto um quilo de papel consome cerca de 20 litros. Além disso, a produção de tecido de PET reciclado consome 72% menos energia elétrica e emite 70% menos CO2 do que o tecido de poliéster produzido com matéria prima nova.

Curtiu? Então vá até uma das lojas Timberland e confira como o tecido de PET reciclado das nossas camisetas, além de ser ecologicamente correto, é macio, suave, leve e resistente, e depois nos conte o que achou nos comentários!

One Comment

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.