Conheça os cinco jardins verticais mais incríveis do mundo! (E aprenda a fazer o seu)

Conheça os cinco jardins verticais mais incríveis do mundo! (E aprenda a fazer o seu)

COMPARTILHE
/ 4134 0

Aqui no Blog da Timberland você conhece diversas iniciativas incríveis para deixar o nosso mundo mais verde! Já mostramos, por exemplo, como as cidades europeias Paris e Copenhague estão mais verdes, e uma das formas de fazer isso é através dos jardins verticais.

Os jardins verticais são uma ótima maneira de ocupar espaços ociosos e cinzas das cidades com diversos tipos de plantas, o que ajuda a deixar o visual urbano mais bonito e também a absorver o CO2 da atmosfera, diminuir as temperaturas e aumentar a umidade, deixando o ar mais puro e a atmosfera das cidades mais agradável. Por isso, vamos mostrar agora cinco dos jardins verticais mais incríveis do mundo e depois você vai saber como fazer seu próprio jardim vertical em casa.

Jardim da Cité de L’Espace – Toulouse, França

Jardim vertical na Cité de L'Espace, em Toulouse, projetado por Patrick Blanc

Foto – Divulgação/Patrick Blanc – Fonte 

O paisagista francês Patrick Blanc é um dos pioneiros e grandes especialistas em jardins verticais em todo o mundo. Apaixonado pelas plantas das florestas tropicais, ele já viajou o mundo atrás das espécies mais deslumbrantes. Blanc já criou dezenas de jardins verticais e todos são incríveis, mas escolhemos este realizado na Cité de L’Espace, um parque temático sobre a exploração espacial localizado na cidade francesa de Toulouse.

Restaurante Padrinos – Cidade do México

Jardim vertical no restaurante Padrinos, localizado no centro da Cidade do México

Foto: Divulgação – Fonte: http://bajodelatintorera.com/padrinos.php

A organização VERDMX espalha jardins verticais por diversos locais do México, entre outras ações ambientais. Uma das ações mais impactantes foi o projeto Respira/Ruta Verde, que instalou imensas esculturas cobertas por jardins verticais em autoestradas mexicanas. Mas talvez o jardim vertical mais bonito que eles fizeram foi no pátio do restaurante Los Padrinos, localizado numa edificação colonial no centro da Cidade do México. Os padrões dos desenhos das paredes verdes do restaurante ficaram incríveis e tornam o ambiente único para uma refeição inesquecível no centro da capital mexicana.

Cloud Forest – Singapura

Montanha com floresta artifical no Gardens by the Bay, em Singapura

Foto: Choo Yut Sing/Flickr – Fonte

Singapura, no sudeste asiático, é uma das cidades mais densamente povoadas do mundo e sua população precisa bastante de verde para fugir um pouco da “selva de pedra”. Felizmente a região onde fica Singapura tem o clima perfeito para as plantas tropicais se desenvolverem e o Gardens by the Bay, um incrível jardim botânico às margens da Baía de Singapura, trouxe uma imensa variedade de espécies das florestas tropicais do sudeste asiático para dentro da cidade. Entre as várias atrações do jardim, a Cloud Forest se destaca e é de cair o queixo. Dentro de uma das imensas estufas, uma montanha artificial de 35 metros de altura reproduz fielmente o ambiente das florestas de encostas super úmidas encontradas a altitudes superiores da 2 mil metros. Ela tem a maior cachoeira artificial indoor do mundo e é totalmente coberta por orquídeas, bromélias, begônias e outras espécies de plantas de regiões úmidas e você pode subir até o alto de elevador e ver tudo de perto pelas passarelas elevadas. Incrível, não?

Jardim Van Gogh – Londres

Jardim vertical na Trafalgar Square, em Londres, reproduz quadro de Van Gogh

Foto: Divulgação – Fonte 

O genial artista holandês Vincent Van Gogh é conhecido pelas pinturas de paisagem que parecem vivas, pelo efeito de suas pinceladas grossas e cores fortes. A obra “Campo de Trigo Com Ciprestes”, ganhou vida de verdade por iniciativa da National Gallery de Londres. Foram utilizadas 8 mil plantas de 26 espécies diferentes para reproduzir os tons do quadro ao ar livre, na Trafalgar Square, um dos pontos mais movimentados da capital britânica. Infelizmente não dá mais pra ver ao vivo essa maravilha, pois o jardim vertical era temporário e foi desativado em outubro de 2012.

CaixaForum – Madri

Edifício do centro cultural CaixaForum, em Madri com o jardim vertical

Foto: druidabruxux/Flickr – Fonte: https://www.flickr.com/photos/druidabruxux/

Uma antiga estação elétrica no sul de Madri estava abandonada há anos, mas a localização era perfeita para ela ser transformada em um centro cultural, pois estava próxima dos maiores museus da cidade, como o Museu do Prado. A firma responsável pela reforma manteve os tijolos vermelhos do prédio original e acrescentou mais alguns andares de uma estrutura de aço oxidado que vai se “desfazendo” conforme sobe, dando um efeito muito legal. Para contrastar com o vermelho do prédio, a parede lateral do prédio ao lado ganhou esse jardim vertical com 1500 plantas de 250 espécies diferentes, também projetado pelo francês Patrick Blanc.

E aí, de qual destes fantásticos jardins verticais você gostou mais? Apostamos que deu vontade de ter seu próprio jardim vertical em casa! Eles são ótimos principalmente para ambientes pequenos, inclusive os apartamentos, e fazer um é mais fácil do que você imagina. Os jardins domésticos costumam ser feitos com pallets de madeira ou treliças de ferro presos à parede, onde são pendurados os vasos que podem ser feitos de garrafas PET ou aqueles modelos “meia lua”. Também dá pra fazer um jardim vertical com fibra de coco, que dá um visual muito legal mas é mais trabalhoso. Confira no site Dica Esperta como fazer e veja o vídeo abaixo.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.