Por que devo parar de usar canudos de plástico?

Por que devo parar de usar canudos de plástico?

COMPARTILHE
/ 6770 0

O movimento pela diminuição dos canudos de plástico vem crescendo em todo o mundo e a gente te explica porquê.

Em uma primeira impressão, você pode achar estranha toda essa comoção e se perguntar “tá, mas por que apenas o canudo? E todo o restante?”. Bem, de fato, esse pequeno objeto está longe de ser o único problema ambiental da atualidade, mas o seu uso tem um impacto muito grande, o que acabou sendo uma espécie de gancho para se começar a falar com a sociedade sobre os problemas do plástico para a natureza. Os números assustam: somente nos Estados Unidos, são utilizados 500 milhões de canudos diariamente.

Além disso, sua produção contribui para o consumo de petróleo, uma fonte não renovável, e seu tempo de uso é muito curto – cerca de 4 minutos. Apenas 240 segundos em nossas mãos geram centenas de anos de poluição para o meio ambiente. Não parece muito justo, concorda?

Muito presente nas praias, o canudo de plástico também é fonte de formação de microplástico, o formato mais prejudicial do material, que já está presente nos alimentos, nos organismos e até na água potável da população mundial. Quando descartados, se desintegram em pequenas partículas que chegam aos oceanos e acabam engolidas pelos animais. E os animais mais prejudicados nessa história toda têm sido as tartarugas marinhas. Os répteis também vêm sendo bastante associados a esse material após circular nas redes sociais um vídeo em que biólogos marinhos encontraram uma espécie rara de tartaruga com um canudo de 12 centímetros alojado em uma das narinas (não repostaremos aqui, pois tratam-se de imagens fortes). Esse vídeo acalorou a discussão do mau uso desse objeto, aparentemente indefeso. A ingestão de detritos plásticos pode ferir e até matar, bloqueando o intestino, perfurando a parede intestinal e até mesmo liberando produtos químicos tóxicos nos tecidos.

O Projeto TAMAR é uma instituição que vem cuidando da questão das tartarugas marinhas há alguns anos; Você pode acompanhar mais sobre o trabalho deles para entender como a tartaruga é um dos animais que mais sofrem com as ações humanas. Mas o fato é que todos os animais marinhos são atingidos com isso, além de nós, humanos, e o meio ambiente.

Segundo dados da ONG Ocean Conservancy, localizada nos Estados Unidos, o canudo foi o 7º item mais coletado nos oceanos em todo o mundo em 2017.

Outro dado importante vem de uma pesquisa publicada pela revista científica Science, em 2015. Pesquisadores da área descobriram que a humanidade gera um total de 275 milhões de toneladas de resíduos plásticos por ano. Desse número, um total entre 4,8 milhões e 12,7 milhões de toneladas chegam aos oceanos.

A intenção dos ativistas é que, ao jogar luz para a questão dos canudos de plástico, a população se conscientize e deixe de utilizar outros materiais de uso único e de difícil degradação no meio ambiente, como sacolas e garrafas, que também são responsáveis pela grande quantidade de lixo produzido no mundo inteiro.

Grandes corporações já estão aderindo a essa ideia e deixando de utilizar canudos de plástico. A rede de cafeterias Starbucks anunciou, em julho deste ano, que vai deixar de usar esse utensílio em lojas de todo o mundo até 2020, evitando o consumo de mais de um bilhão de canudos. A rede de fast food McDonald’s também anunciou recentemente que não disponibilizará mais  em lojas do Reino Unido e da Irlanda. Aqui no Brasil, a rede já deixou de entregar aos clientes em algumas unidades modelo.

Em meio a tudo isso, surge a necessidade de descobrir uma nova alternativa aos canudos de plástico, e algumas opções já vêm sendo usadas, como acessórios de metal, vidro, papel e até mesmo comestíveis.

É fato que uma pequena atitude pode mudar muita coisa, então, vamos repensar nossos hábitos de consumo e estudar melhor as opções de descarte?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.