5 passos para planejar a sua viagem em alto mar - Blog da Timberland
5 passos para planejar a sua viagem em alto mar

5 passos para planejar a sua viagem em alto mar

COMPARTILHE
/ 34064 0

Quem aí planejou – ou está planejando – as viagens deste ano? Como já falamos em outro artigo aqui do blog, 2018 terá recorde de feriados e, se você se preparar financeiramente, esses momentos podem render ótimas aventuras (e lembranças)! E para falar um pouco mais sobre esse assunto que todo mundo ama, o tema de hoje é viagem em alto mar!

A liberdade, a brisa, o vento no rosto, a calmaria e a imensidão fazem desse tipo de passeio uma das melhores experiências da vida. Aqueles que decidem fazer um cruzeiro ou mesmo um passeio de barco ou lancha afirmam que não há sensação melhor. E você, já fez alguma viagem assim? Conte para a gente nos comentários! 🙂

Para as pessoas que nunca se aventuraram nesse esquema de viagem ou para as que pretendem partir em alto mar novamente, vamos dar algumas dicas de como começar a se programar, quais os melhores destinos, como aproveitar a gastronomia e otras cositas más. Vamos lá!

Cruzeiro Freedom & Seas (Crédito: Wikipedia)

  1. Escolha de onde quer sair e onde quer chegar

A primeira coisa antes de fazer uma viagem dessas é escolher bem por quais destinos quer passar. Será pela costa nacional? Se sim, há navios que saem/passam por Santos, Búzios, Salvador, Recife… É possível também fazer um “meio a meio”, saindo daqui do Brasil e indo para a Argentina ou o Uruguai, por exemplo.

Agora, se quiser navegar em águas internacionais, os destinos mais procurados são Caribe e Mar Mediterrâneo (local com inúmeras opções de países para visitação).

  1. Pesquise bastante

Não saia comprando pacotes nas empresas mais conhecidas ou na primeira que você vê propaganda. Coloque “viagem cruzeiro” em um site de pesquisa de sua preferência e leia o máximo de informação que conseguir. Às vezes, compensa comprar em companhias como MSC, Princess, Costa, Carnival, Royal Caribbean, dentre tantas outras que oferecem esse tipo de serviço. Mas, em outras ocasiões, é melhor adquirir pacotes de “áereo + cruzeiro + passeios + extras”, com melhores condições de pagamento, em operadoras como CVC, Schultz, etc.

  1. Entenda as opções de cabine

Você já deve ter ouvido falar que tem diversos tipos de cabine em um cruzeiro e que cada uma tem suas características (e preços!).  E aqui a escolha, definitivamente, vai se dar de acordo com o seu poder aquisitivo. Tem as cabines internas, que são menores, mais baratas e ótimas opções para quem não está em busca do máximo de conforto, mas sim em ter variedade de experiências dentro do cruzeiro. Já as externas, possuem janelas (fechadas) para que entre mais luz no quarto e se tenha uma vista do mar.

Além delas, ainda é possível ficar em cabines com varanda, que são mais espaçosas, confortáveis e possuem uma sacada particular, proporcionando mais privacidade. São comumente escolhidas por casais. Há também as suítes, que são ainda maiores, possuem quartos separados e possuem alguns privilégios (que variam de acordo com cada companhia). Muito indicada para famílias ou mais de um casal de amigos.

Pausa para dica: a Timberland tem diversas opções de roupas, acessórios e calçados para você aproveitar ao máximo sua viagem em alto mar. O item da vez é o boat shoe. Confira em nosso site e lojas físicas!

  1. Esteja atento(a) à documentação

Para viagens nacionais ou pela América do Sul, portar o RG já basta para que você possa entrar e sair de qualquer lugar – lembrando que não é válido qualquer documento com foto, apenas o RG. Se a viagem for internacional, é necessário estar com o passaporte (com validade de, no mínimo, seis meses após a data da viagem) e o RG (não se esqueça de estar com esses dois documentos em qualquer parada.

Ah, o visto também é de total responsabilidade sua, portanto, veja com antecedência essa questão. E por último, dependendo do destino, esteja em dia com a vacinação e leve com você o Certificado Internacional de Vacinação.

  1. Aproveite a riqueza cultura e gastronômica

O cruzeiro é uma das poucas oportunidades de aproveitar um pouco da diversidade de cada lugar por onde passa. Permita-se: faça uma aula de dança, aprecie a natureza, faça uma excursão, experimente as comidas típicas (Veja os melhores restaurantes à beira-mar pelo mundo!), enfim, aproveite a viagem, afinal, não é todo dia que se faz uma viagem dessa, certo?

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.